Missionária Kelem Gaspar e seus Projetos Missionários

MISSIONÁRIA KELEM GASPAR E SEUS PROJETOS MISSIONÁRIOS

“Não somos movidos pelo que vemos, mas pelo que cremos”

Saudações na Paz do Senhor Jesus

Espero que você esteja bem , sabemos que os dias são maus  e que nosso inimigo é astuto, mas também sabemos que nosso Deus é Fiel e atento. Então, não se preocupe com as aparentes dificuldades. A resposta virá na hora certa! E pode contar com nossas orações. 

A campanha para a doação de materiais escolares foi um sucesso, muitas crianças e adolescentes que não estavam frequentando as aulas por falta de material já estão na escola. Entendemos que precisamos realmente nos importar e fazer a nossa parte para ajudar aqueles que precisam de ajuda, isso também é pregar o Evangelho. Acabamos de entregar as seis cestas básicas que entregamos mensalmente para as seis mães que estão sendo atendidas no projeto. Um socorro precioso e importante para ajudar na manutenção de suas crianças. Uma das mães me abraçou forte e agradeceu com lágrimas nos olhos: hoje vamos nos alimentar, ela disse. Glória a Deus. Essas mães estão aprendendo muitas oficinas no projeto, em breve essa triste realidade vai mudar. Eu creio assim: Jesus quando chega em um lugar ele muda tudo! Realizamos o casamento no civil de sete casais da comunidade que sonhavam em se casar , mas não tinham condições financeiras. Agora estamos preparando o casamento religioso , será um marco na história desse lugar. Ah, e a tão esperada Kombi do projeto já está aqui servindo aos trabalhos nas comunidades e ao curso de missões. 

Aqui no Projeto Campos Brancos, continuamos avançando , confiando na provisão e fidelidade de Deus, precisamos a cada dia nos mover por fé e não por vista. Temos duas novidades,  além das dez  bases missionárias nas comunidades não alcançadas  onde já estamos instalados , nesses últimos dois meses, alcançamos a comunidade de Lagoa da Onça, no Piaui ( Enviamos duas jovens missionárias , Priscila e Joelma, para essa comunidade sertaneja, compramos e reformamos uma casa , fizemos as duas salas de aula e já iniciamos os trabalhos de alfabetização, reforço escolar, alimentação e discipulado) e também  adquirimos um terreno para o inicio dos trabalhos na ilha de Curuçazinho, no Pára, lá tem setenta famílias e duzentas crianças totalmente não alcançadas pelo evangelho. Nunca antes foi dirigido um culto. Precisamos, porém, reformar a casa de madeira que está muito velha, comprar os móveis e um gerador e construir o espaço que atenderá as crianças, essa base será cuidada pelas missionárias Geralda e Andreza, que já estão na região trabalhando . Essa ilha é dominada por quatro “pais de santo” que já disseram que não conseguiremos alcançar a ilha para Cristo. Mas cremos que, apesar das dificuldades financeiras e sociais, Deus nos ajudará a avançar nessa conquista. Como você sabe, continuamos na árdua luta de concluir a construção da base em Gurupá, no Piauí, que acabou saindo mais dispendiosa do que pensávamos, graças a Deus a casa das missionárias Elene e Neyliane já está pronta. O restante necessário Deus proverá.

Estamos ampliando as bases no Rio Cumucuru e  na ilha de Derrubada, para poderem atender mais crianças e adolescentes. Um dia eu disse ao Senhor que nunca faria voltar uma criança, aqui sempre há vaga. 

Acreditamos que os recursos de Deus estão nos bolsos dos crentes e por isso não aceitamos parcerias políticas, a glória pelo sustento do projeto, é só de Jesus! E a recompensa, é de quem investe por amor, naqueles que nada podem fazer em seu benefício. Quem garante é o próprio Cristo Vivo! Nem temos palavra para lhe agradecer por amar conosco. Por dividir conosco o que você tem recebido do Senhor. Você é resposta de oração! 

 

Nossos pedidos de oração: 

1- Por nossas missionárias e missionários que trabalham entre os mais pobres e menos alcançados das regiões Norte e Nordeste, por coragem, recursos  e estratégias.

2- Pelas comunidades ondes as bases estão implantadas , para que toda resistência caia por terra e conheçam a Cristo. 

3- Para que os projetos do diabo contra nós e contra nosso trabalho caia por terra.

4- Para que Deus levante novos mantenedores e intercessores para estarem ao nosso lado na expansão do trabalho missionário.

5- Por almas conquistadas para Cristo através de nosso humilde ministério missionário. 

6- Para que o Senhor nos leve aos lugares mais distantes, carentes e esquecidos para que lá possamos ver brilhar a luz da salvação. 

Para você saber, ainda há dez mil comunidades ribeirinhas sem o Evangelho. Ainda há dois mil quilombos que desconhecem a Cristo. Seis mil assentamentos estão em completas trevas espirituais. Duzentos mil índios estão marchando a passos largos para o inferno. Isso mesmo, há muito trabalho a fazer e Deus só pode contar conosco! 

Necessidades mais urgentes: ( para que você ore por nós) 

1- Uma moto para as missionárias de Gurupá/PI.

2- Uma moto para as missionárias em Lagoa da onça/PI. 

3- Uma moto para as missionárias em Curuçazinho/PA.

( Essas comunidades são distantes e a necessidade de um transporte é urgente para socorrer a comunidade, fazer compras, visitar os distantes ramais, etc. )

4- Por recurso para a conclusão das bases em reforma, construção e ampliação.

5- Por material de artesanato para nosso banco de alimentos. ( a necessidade maior agora é de Barbantes ).

Bem, termino essa carta agradecendo a você, em nome de todo o Projeto Campos Brancos, por estar ao nosso lado e nos ajudar a tornar tudo isso possível . 

Nos laços do Calvário,

Kelem Gaspar.